12/08/2013

Imagine Hot - Zayn Malik

OMG *-*

    Ela andava com raiva, pelo imenso corredor até a sala do Diretor, batendo no chão com meus saltos com vontade de quebrar.
    SeuNome estudava em um internato, e isso é horrível as meninas a acham estranha, por não querer dar para algum dos garotos daqui.
    Suspirou e bateu na porta do diretor.

-Entra. - Ela ouviu o diretor e entrou falando logo.
-A culpa não é minha. - Ele riu.
    Zayn era o diretor do colégio. Ele tinha os cabelos negros em um topete e os olhos claros como mel. Quase sempre você o via em uma blusa social e a calça de um terno, e um óculos, apesar de ele não precisar usar. Ele era novo, devia estar nos seus 24 anos. Ela sempre se perguntava por que ele ficava em um colégio que só dava dor de cabeças? No momento a blusa social dele tinha os primeiros botões abertos, deixando algumas de suas tatuagens aparecer e seu óculos esta em cima da cama, deixando os olhos dele expostos.

-Nunca é sua.
-Porque você simplesmente não me expulsa? - Disse se sentando na cadeira em frente à cama dele. Isso fez com que sua saia levantasse mais um pouco.
-Você deveria usar saias mais compridas.
-Se meu querido diretor me desse permissão para sair, eu comprarias outras mais compridas. - Sorriu esperançosa e ele soltou outra risada.
-Se eu der a permissão, você saí pela aquela porta e não volta mais.
-Ainda bem que você sabe. - Ele se levantou vindo se encostar na cama, ficando na frente dela. Enquanto o sinal batia. No termino das aulas. - Graças a deus são 18:00.
-Porque?
-Porque, você vai para a casa, e deixar esse assunto para amanhã e tenho certeza que amanhã você vai me expulsar.
-Talvez, não. - Ela bufou. - você é tão bonita, porque não arruma um namorado.
-Você não me deixar sair lembra?
-Aqui dentro do colégio, tem um monte de garotos.
-Eles são nojentos, infantis, eles transam sem camisinha o tempo todo, eu não quero pegar uma doença.
-Sem camisinha?
-Sem camisinha.
-Como ninguém engravida?
-Por isso. - A garota puxou suas pílulas anticoncepcionais do sutiã.
-Isso é proibido no colégio. - Ele puxou suas pílulas.
-Tem alguém burlando a segurança daqui.
-Você toma pílulas, mas não tem namorado, não saí com ninguém do colégio. Porque toma então?
-Prevenção.
-De?
-Vai que entra algum garoto que me chame atenção nesse desprezível lugar.
-Ninguém realmente te chama atenção?
-Na verdade chama. Mas eu não posso sair com ele. E eu acho que ele nunca sairia comigo.
-Quem é? - Ela rolou os olhos para ele, e voltou a se sentar. Mas como SeuNome era descarada respondeu mesmo assim.
-Você Diretor. - Ele arregalou os olhos e então ele esqueceu o que significava duas palavrinhas: “auto controle” . Eles ouviram uma batida na porta.
-Senhor? To indo. - Era a secretaria ela viu a garota e sorriu.
-Dessa vez ele me expulsa. - Ela riu.
-Sorte querida, sorte. - Ela saiu.
-Dela eu gosto.

    A garota se levantou, com a intensão de ir embora.

-Espera - Zayn pediu.
-Mudou se ideia? - Ela perguntou, torcendo para que a resposta fosse ‘sim’.
-Não - Ele deu um sorriso - Vem comigo.
-Na onde nos vamos? - A garota perguntou torcendo o nariz. Ele não respondeu e começou a andar para fora da sala. A garota curiosa o seguiu.
   
    Depois de passarem por um enorme corredor, Zayn abriu uma porta. Ele a segurou para a garota entrar. SeuNome entrou e examinou o lugar. Era um quarto, com uma cama de casal e uma porta, onde provavelmente levaria a um banheiro. Zayn fechou a porta, a garota olhou confusa para ele.

-Porque voc... - Ela ia perguntar, mas Zayn a prensou na parede fazendo sus corpos se colarem e a garota suspirar. - Zayn oque você esta fazendo? - Ela perguntou atordoada.
-Sabe por que eu não te expulso? - Ele perguntou com o brilho diferente nos olhos, ela balançou a cabeça em um não. - Porque desde que você entrou pela porta da diretoria eu me apaixonei por você. Me apaixonei por como seus olhos ficam iluminados sobre a luz da lua, me apaixonei pelo jeito que você fica bravinha quando eu não te expulso - Ela sorriu como se lembrasse da cara da garota. SeuNome sentiu suas bochechas queimando - Me apaixonei pelo jeito que você torce o nariz quando não consegue algo que você quer - A garota mordeu o lábio. ‘Ele esta falando dos meus defeitos’ - Ela pensou.
    Zayn aproximou lentamente o rosto do rosto da garota enquanto um turbilhão de sensações se apoderava dele. SeuNome pensou como Zayn era absurdamente sexy.
    Zayn desceu os lábios até os de sua garota, e SeuNome mal conseguia respirar. Sentia-se afogar aos poucos na imensidão escura que eram os olhos de Zayn, mas naquele caso se afogar era quente, convidativo… Irrecusável. Zayn por um momento apenas deixou que seus lábios repousassem sobre os dela, esperando a garota se acostumar com a situação. Mas não durou muito tempo. Zayn segurou a cintura delicada entre seus dedos aplicando uma leve pressão ali enquanto aprofundava o beijo. Roçou seus lábios vagarosamente nos da garota e em seguida se permitiu mordiscar levemente o lábio inferior da mesma que sentiu um arrepio lhe subir pela coluna. Zayn repuxou o canto dos lábios em um sorriso quando sentiu uma das mãos femininas se enroscarem nos fios escuros e o puxaram para mais perto. Toda a racionalidade do rapaz se esvaiu naquele momento, ele a queria, ela o aceitava. Ele a teria. Zayn a puxou pela cintura para mais perto colando os corpos ao mesmo tempo em que sentia o lábio inferior ser sugado com vontade fazendo um arrepio subir por sua coluna. Zayn tinha pressa de saciar seu desejo reprimido por longas semanas, mas queria mais do que tudo aproveitar cada segundo do que estava acontecendo. A garota puxou levemente os cabelos da nuca de Zayn arrancando um sorriso sacana do mesmo. Ele deixou os lábios da garota e antes que ela tivesse tempo pra protestar sentiu os lábios macios do Zayn descendo por seu pescoço, Zayn deslizou os lábios por cada pedaço de pele que conseguia alcançar. Deixou um rastro quente e molhado de beijos e mordidas por todo o pescoço e ombros da garota que não tinha outra reação que não fosse fechar os olhos e suspirar. Zayn não dava tempo pra garota pensar, aquilo já havia ido longe demais, e ele não sabia se conseguiria respeitar caso ela se arrependesse e resolvesse voltar atrás. Sem enrolar Zayn puxou a camiseta da garota pra cima obrigando a mesma a levantar os braços para em seguida verem a peça de roupa voando para o outro lado do quarto. O moreno voltou a dedicar sua atenção aos lábios da garota, se surpreendendo com o desejo que encontrou neles, a boca de sua garota lhe tirava do sério. Forçou o corpo da garota pra cima, que deu um leve impulso enroscando as pernas ao redor da cintura de Zayn arrancando um ofegar de ambos ao fazer com que os quadris se encaixassem pela primeira vez na noite. A garota erSeuApelido que Zayn, o que facilitou enquanto ele andava pelo quarto com ela em seus braços enquanto se beijavam furiosamente em busca da cama para usarem de apoio. O rapaz sentiu as coxas baterem na beirada da cama e apoio o corpo delicado na superfície sem interromper o beijo. Ficou meio sem reação quando sentiu sua camiseta ser arrancada de seu corpo, não esperava que sua garota fosse se quer aceitar um beijo, quem diria colaborar com toda a situação. Mas tinha que confessar que havia gostado, havia gostado e muito. A garota sorriu ao avaliar o físico de Zayn. Quantas vezes não havia escutado garotas falando que o diretor não passava de um nerd? Riu internamente dessas garotas que não sabiam o quão lindo Zayn era. E por alguma razão a ideia de ter Zayn só pra ela a alegrou. Zayn era perfeito, não havia outra palavra no mundo para descrevê-lo se não perfeito. A garota percebeu que demorou muito tempo em sua avaliação quando percebeu Zayn a encarando com ar divertido e uma sobrancelha arqueada, SeuApelido acenou negativamente e sorriu, puxando Zayn pelo cós da calça para se encaixar entre suas pernas. Zayn segurou a face da garota e lhe tomou os lábios mais uma vez, e ela pode sentir a própria urgência nos lábios do Zayn. Quem diria que Zayn Malik, conseguiria fazer uma garota ferver com um simples beijo? Zayn apertou a coxa da garota, e a mesma não ficava para trás deixando as mãos passearem por toda a extensão de braços, ombros e abdômen de Zayn.  Zayn abriu o cinto e em seguida se livrou das calças do mesmo. Zayn também não se controlava, beijos já não eram mais suficientes para conseguir contê-lo, o moreno não demorou abrir a alça do sutiã da garota e em segundos o mesmo era arremessado para algum lugar no canto do quarto. Zayn olhou para a garota e a achou especialmente linda naquele momento, sendo sua. Só sua. Ela não era magra demais, e também não era gorda, era normal. Mas perfeita para ele. Zayn sorriu dando mais um beijo na garota, mas tentando demonstrar todo o carinho que sentia por ela naquele gesto. O beijo foi calmo, cheio de desejo e carinho, lento mais ainda assim de tirar o fôlego. Zayn acariciava as bochechas da garota enquanto a beijava, as línguas dançavam em perfeita sintonia e em pouco tempo o beijo não era mais lento, e sim puro fogo. O rapaz foi descendo os lábios pelo pescoço da garota, distribuiu beijos por toda a mandíbula da menina e ganhou alguns suspiros em resposta, que só o incentivaram a continuar, beijou-lhe os ombros e riu sacana ao ver que havia se empolgado e que provavelmente a garota gastaria uma boa quantia de maquiagem tentando cobrir as marcas que sua boca estava deixando por onde passava. Finalmente Zayn chegou aonde queria, envolveu um dos seios da garota com as mãos ao mesmo tempo em que envolvia o outro com a boca, escutou um pequeno gemido lhe chegar aos ouvidos. Gemido que em sua opinião chegava a ser injusto de tão sensual que lhe pareceu. Isso fez com que Zayn sugasse o pedaço de carne em sua boca ainda com mais vontade o que lhe rendeu outro gemido. Zaza pode sentir o mamilo ficar completamente rígido em sua boca e então passou para o outro. Uma de suas mãos que estava acariciando a garota não se conteve e depois de fazer uma leve pressão na cintura da mesma começou a passear pelo corpo que provocava tanto o moreno. A garota por sua vez estava tão entorpecida por tudo que estava acontecendo que não tinha nenhuma reação. Seu coração estava acelerado, e tinha certeza que se tentasse levantar suas pernas extremamente trêmulas não lhe aguentariam. Era o efeito que Zayn estava provocando nela, na verdade é o que Zayn sempre havia provocado nela, Mas costumava ser mais fácil de controlar, definitivamente era mais fácil de controlar quando ela não estava deitada com ele na cama do quarto. Zayn apertou uma das coxas da garota ao mesmo tempo em que prendia um dos mamilos entre os dentes e sugava-o em seguida, a garota puxou um pouco forte os cabelos de Zayn que fez uma careta de dor e riu ao mesmo tempo. Zayn escorregou a mão para a virilha da garota fazendo lentamente o caminho até aonde ele queria, até onde ele precisava chegar, Zaza voltou a beijar o pescoço da garota, havia percebido que a área lhe era sensível, e estava adorando ver à garota totalmente entrega a suas carícias. E então ele finalmente chegou aonde ambos queriam. Zayn a tocou primeiro por cima do tecido fino da peça de roupa que cobria a intimidade da garota, e um suspiro soou próximo ao seu ouvido o instigando a continuar. Deslizou a mão para dentro do tecido e permitiu-se brincar com o ponto de prazer da garota, sentindo-se completamente excitado com toda a situação. Zayn olhava fixamente para o rosto da garota, que parecia ainda mais encantadora naquela expressão de puro prazer em seu rosto de anjo. Os dois mantiveram um contato entre os olhos que por um momento pareceu inquebrável tamanha intensidade, mas nenhum dos dois conseguiu manter os olhos abertos quando as bocas se encontraram uma vez mais, conseguindo aumentar de alguma maneira o desejo que tinham um pelo outro. A garota enroscou sua língua na de Zayn, e brincou com o lábio inferior do garoto o deixando impaciente. Um gemido de puro deleite foi espremido entre o beijo vindo de ambas as bocas quando Zayn escorregou dois dedos para a intimidade da garota, que a essas alturas já pulsava pronta para receber a masculinidade do rapaz que mal podia esperar para tal coisa. A garota se agarrou mais ao Zaza sentindo as pernas tremerem violentamente, definitivamente quem olhava para o rosto de Zayn não imaginava o quão bom de cama ele podia ser. Ou talvez imaginassem. O rapaz movimentava os dedos lentamente, torturando a si e a garota no processo, SeuApelido apoiou a testa no ombro de Zayn, e desistiu de ter qualquer controle sob seu corpo ou de controlar os gemidos que escapavam por seus lábios. Zaza mal deixava a garota respirar, brincava com a intimidade da garota arrancando-lhe gemidos que eram despejados em seus lábios que não abandonavam por momento nenhum os da garota. O moreno, porém se surpreendeu ao sentir a mão quente da garota tocar o seu membro pulsante. O rapaz soltou um gemido alto quando a garota apertou-lhe o lugar sensível por cima da boxer que lhe apertava quase dolorosamente no momento. A garota sorriu querendo proporcionar ao Zaza o mesmo prazer que ele lhe estava proporcionando, a garota se livrou da cueca de Zayn agilmente, parando apenas para soltar um longo gemido quando o ele escorregou mais um dedo para sua intimidade. Ficaram assim por um tempo, apenas trocando carícias, beijos e gemidos por um tempo, mas eles precisavam de mais, precisavam ser um do outro. Zayn tirou os dedos da intimidade da garota e roubou mais um beijo dos lábios que se provaram tão deliciosos.
    O moreno se afastou da garota que se sentiu instantaneamente vazia, andou até um canto do quarto tentando encontrar suas roupas, pegou a carteira do bolso de sua calça e retirou rapidamente uma camisinha, colocando-a tão rapidamente que arrancou uma risada safada de sua garota que o fez rir junto. Zayn voltou a beijar a garota enquanto uma de suas mãos lhe apertou o seio levemente, passou o polegar pelo mamilo brincando novamente com ela. A garota puxou o Zaza mais pra perto arranhando as costas do mesmo de uma forma que na opinião de Zayn era deliciosa, embora ele tivesse certeza de que não poderia ficar sem camisa em público por uns bons dias.
    Zayn não enrolou mais, encaixou-se entre as pernas da garota e a puxou para mais perto. Os dois gemeram longamente enquanto Zayn penetrava a garota. Finalmente, depois de duas longas e torturantes semanas ele poderia saciar seu desejo. A sensação que se apoderou dos dois foi tão forte que por um tempo nenhum dos dois conseguiu se mover, até que a garota enterrou novamente as mãos no cabelo escuro que ela tanto gostava e puxou a boca de Zayn de encontro a sua, e novamente um gemido foi espremido entre o beijo quando o rapaz começou a movimentar os quadris de encontro aos da garota, fazendo que a sensação maravilhosa que dominava os dois aumentasse em todos os simples movimentos de vai e vem. Era isso, Zayn era simples. Mas era completamente inebriante e enlouquecedor. Ele mordeu o lábio inferior da garota enquanto a olhava nos olhos dando uma estocada mais funda. O rapaz riu quando SeuApelido não aguentou e fechou os olhos gemendo. Era exatamente o que ele queria. Desceu uma mão para o quadril fino e segurou fortemente, enquanto outra mão ainda acariciava o seio de SeuApelido. A garota sorriu começando a movimentar-se de encontro ao quadril do Zayn, e foi à vez de Zayn jogar a cabeça pra trás fechando os olhos ao sentir a garota rebolar deliciosamente em sua direção fazendo-o penetrá-la ainda mais profundamente. Em pouco tempo Zayn havia aumentado a velocidade. Os gemidos dos dois eram altos e ecoavam pela quarto, mas nenhum dos dois ligava. Isso foi demais para Zayn, o rapaz sentiu o forte orgasmo começar a tomar conta de si então aumentou ainda mais, e começou a alternar os movimentos de seu quadril entre estocadas fortes e fracas e rápidas e lentas, não queria terminar antes que sua garota chegasse ao ápice. Por isso o moreno sorriu satisfeito ao sentir a garota começar a se contrair e a tremer sob seu corpo. O longo e sofrido gemido de deleite ecoou sonoro pelo local. Os dois não se moveram por um momento, apenas tentando acalmar as respirações. A garota sentou-se na cama novamente e Zayn a envolveu pela cintura abraçando o corpo delicado contra si. Não conseguia conter o sorriso bobo que lhe tomava os lábios. A garota ficou fazendo carinho nos cabelos do Zayn e esse por sua vez lhe acariciava as costas. Nenhum dos dois falava nada, nenhum dos dois pensava nada. Ainda estavam atordoados pelo mar de sensações que lhes havia invadido. Zayn se moveu e o som da cama reclamando invadiu o ambiente.


-Você vai precisar comprar uma cama nova - SeuNome disse ruborizada. Zayn riu colocando a língua entre os dentes. A garota suspirou e o beijou, sabendo que nunca mais pediria para ser expulsa de novo.

Cara fiquei surpreendida comigo mesma quando me pequei tendo ideias para um imagine hot kkk
Eu gostei desse hot, sei lá ele ficou meio legal.
E vocês oque acharam?
xxYsa

3 comentários:

  1. selinho http://onedirection-imaginesdirectioner.blogspot.com.br/2013/08/ganhamos-um-selinho.html

    ResponderExcluir
  2. PFT <3 Hey, aceita fazer parceria cm meu blog "Mafia One Direction BR" ??????

    ResponderExcluir

Oii cenourinhas!
Sejam bem-vindas (:
O comentário de vocês são importantes para nos.
Então comenta princesa ;3